Descrição do problema

A gestão de resíduos é um dos problemas mais emergentes para as empresas processadoras de alimentos. A produção industrializada de ovoprodutos (por exemplo, em pó, líquido e congelado) na Europa tem benefícios económicos, no entanto, gera uma grande quantidade de resíduos, principalmente casca de ovo (cerca de 11% do peso total do ovo).

A nível europeu são geradas, por empresas produtoras de ovoprodutos, cerca de 150.000 toneladas/ano de cascas de ovos. Os dois países envolvidos neste projeto estão a produzir mais de 5.400 toneladas/ano (Portugal) e 16.000 toneladas/ano (Espanha), com os inerentes custos associados ao seu transporte e tratamento ou eliminação os quais variam entre 25 e 60 euros/tonelada. Assim, estes custos são de 50.000 a 100.000 euros por ano no caso de empresas produtoras de ovoprodutos de dimensão média.

A casca do ovo é composta, principalmente, por carbonato de cálcio (95% da massa da casca), carbonato de magnésio (1%), fosfato de cálcio (1%) e água. Portanto, uma vez separada a membrana, pode ser uma fonte alternativa de carbonato de cálcio. Embora não seja seu principal uso, são utilizadas grandes quantidades de carbonato de cálcio na produção de revestimentos cerâmicos.
Tendo em conta os princípios da economia circular, este projeto visa demonstrar a viabilidade da utilização da casca do ovo como matéria-prima secundária para a produção de azulejos diminuindo, desta forma, a quantidade de resíduos gerados e de matérias-primas virgens.

Este esquema de recuperação não altera a membrana pelo que esta pequena parte dos resíduos (menos de 5% da massa total) pode continuar a ser depositada em aterro ou, tendo em conta que conterá apenas a parte orgânica, poderão ser investigadas outras aplicações.

Prototipo

O protótipo é a chave do sucesso do projeto. Este deve conseguir separar a membrana de tal forma que a bio-CaCO3 obtida tenha um teor de matéria orgânica nulo ou praticamente nulo. O protótipo será construído pela empresa fabricante de máquinas, a MAINCER, e instalado na empresa produtora de produtos à base de ovo, a AGOTZAINA, para validação e obtenção de bio-CaCO3 para a realização dos ensaios industriais para a produção de azulejos

O protótipo terá os seguintes elementos:

  • Sistema de separação por peneiração para remover a maior parte da membrana.
  • Sistema de moagem para remover a fração residual da membrana.

Neste vídeo apresenta-se o desenho inicial do protótipo:

Os ensaios industriais permitirão validar o protótipo desenvolvido, tornando-o numa solução adequada e de referência para eliminar os resíduos da casca de ovo gerados pelas empresas produtoras de ovoprodutos.

Validação da solução proposta

Nos ensaios industriais, que serão realizados entre setembro de 2022 e junho de 2023, a solução será validada produzindo, pelo menos 4.000 m2 de azulejos, com entre 5 e 12% (em massa) de bio-calcite.

A viabilidade desta solução decorre do elevado consumo de carbonato de cálcio na indústria cerâmica europeia. Este setor é líder mundial na produção de revestimentos cerâmicos de elevada qualidade, representando mais de 10% da produção mundial. Espanha e Itália são os maiores produtores da UE. Os azulejos são os materiais cerâmicos utilizados para revestimento de paredes e representam mais de 25% dos revestimentos cerâmicos. Esta tipologia de material consome grandes quantidades de carbonato de cálcio, entre 10 e 15% do peso. Tendo em conta os metros quadrados produzidos e estas percentagens, o sector cerâmico europeu consome, anualmente, 300.000 toneladas de carbonato de cálcio (150.000 nas empresas cerâmicas espanholas e 30.000 nas portuguesas). Considerando estes dados, o processo de separação projetado no Life EggshellenCE, permite que cerca de 85% da casca do ovo possa ser transformada em bio-carbonato de cálcio e que a indústria cerâmica poderá absorver todo o resíduo gerado em ambos os países e a nível europeu.

Execução

O início do desenvolvimento do protótipo ocorreu em outubro de 2020 e prevê-se que esteja concluído em fevereiro de 2022.

Uma vez desenvolvido serão realizados ensaios industriais para avaliação e validação da solução.

ajax-loader